TUDO SOBRE A COMUNIDADE DAS ARTES

Ajuda-nos a continuar a ajudar a comunidade na busca de oportunidades, e a continuar a levar-te conteúdos de qualidade.

Ajuda-nos a continuar a ajudar a comunidade na busca de oportunidades, e a continuar a levar-te conteúdos de qualidade.

Selecione a area onde pretende pesquisar

Conteúdos

Classificados

Recursos

Workshops

Crítica

Artigos
Crítica

Estudo #1 e Gaveta - a fotografia e a memória

Por

 

Tânia Ramos
17 de Março de 2023

Partilhar

Estudo #1 e Gaveta - a fotografia e a memória

“Aquilo que a fotografia reproduz até ao infinito só aconteceu uma vez: ela repete mecanicamente o que nunca mais poderá repetir-se existencialmente”.


A frase é dita por Joana Craveiro durante a peça “Gaveta” e é retirada do livro “A Câmara Clara” de Roland Barthes.


Chegamos à Quinta Alegre e somos recebidas pela equipa do Teatro do Vestido – seguimo-los, subimos e aguardamos até sermos levadas, uma a uma, pela mão para o interior de uma história. Talvez seja a forma poética de nos incluir no que sabemos se irá tornar um momento íntimo. O espaço está escuro, nós sentamo-nos no meio e em volta vislumbramos sombras do mobiliário. Começamos a seguir a história rodando sobre nós mesmos e seguindo os focos de luz que nos mostram o que hoje se chama uma mobília vintage, mas que não é mais do que as peças de uma casa em que cada um de nós viveu.


Numa espécie de Voyeurismo programado vamos conhecendo a história de uma família comprada numa caixa, numa das muitas feiras de velharias. A família, gravada em fotografias ao longo de anos: As férias, os passeios, a praia. A família. O pequeno centro das atenções em todas ou quase todas as fotos - a crescer, a comer, a andar de bicicleta. E a porta é também aberta para um não sei quê de comicidade; para cada uma das descrições escritas nas fotos que nos fazem lembrar os pequenos segredos e piadas que cada um de nós mantém nos nossos núcleos familiares.


Na mesma noite, noutro pequeno espaço da cidade, o Espaço Casa Cheia, assistimos à performance da Beatriz Gaspar. Estudos #1. A Fotografia mais uma vez como linguagem de um tempo próprio, como fonte de memória que não volta mas que nos esforçamos por não deixar escapar. Os textos, baseados na “Apresentação do Rosto” de Herberto Hélder são acutilantes e fazem-me criar esta mesma ligação entre ambas as peças. A fotografia e a imagem passada como ponto presente de lançamento do eu para o futuro. A fotografia e a imagem dos nossos, dos que nos nutriram, dos que nos formaram, do que somos hoje motivados pelos que nos adubaram. Tudo isto numa penumbra de luz, tudo isto embrulhado numa simplicidade tocante – um projetor, fotografias em acetatos.


Volto à Quinta Alegre – também aqui com recurso a vídeo, projetor de slides vamos passando pelas fotos, agora as pessoais, as que nunca estiveram num álbum mas numa gaveta. Fecho os olhos, recordo a caixa de bolachas Favorita da avó: lá dentro fotografias a preto e branco de pessoas que ainda sei quem são e de muitos que já me custa recordar. Lá dentro desenhos de rendas que a avó fazia. Versos escritos à mão. A caixa de Bolachas Favorita que estava no quarto dela ao pé do lavatório com a bacia e o jarro de água.


Abro os olhos, estou novamente no Espaço Casa Cheia e vejo a Beatriz agarrar num jarro de água e colocar-se dentro da bacia. Oiço cada palavra e sei que somos todos, uns mais que outros, o resultado destes muitos avós que agora só temos em fotografia mas que continuamos a ter vivos e eternos na memória.

 

Gaveta

concepção, texto, direcção, interpretação: Joana Craveiro

música, espaço sonoro (composição e interpretação): Francisco Madureira

assistência: Joana Marques Brás

colaboração criativa: Carla Martinez, Estêvão Antunes, Henrique Antunes, Leocádia Silva, João Paulo Serafim, Tânia Guerreiro

direcção de produção: Alaíde Costa

co-produção: Teatro do Vestido e Vo'Arte

apoios: Soudos – Espaço Rural das Artes, Biblioteca de Alcântara, Fórum Dança, FX RoadLights

 

Estudo #1

Criação e performance Beatriz Gaspar

a partir de um ensaio visual de Beatriz Gaspar, com excertos de Apresentação do Rosto, de Herberto Hélder

acompanhamento artístico Helena Baronet, Catarina Pacheco, João Gaspar e Maria LaLande

espaço cénico Beatriz Santos, Fernandes de Pinho

sonoplastia João Hasselberg

apoio Largo Residências, Polo Cultural Gaivotas | Boavista, Cossoul

agradecimentos Sabrina D. Marques, Matilde Calado, Pedro Guimarães

Apoiar

Se quiseres apoiar o Coffeepaste, para continuarmos a fazer mais e melhor por ti e pela comunidade, vê como aqui.

Como apoiar

Se tiveres alguma questão, escreve-nos para info@coffeepaste.com

Segue-nos nas redes

Estudo #1 e Gaveta - a fotografia e a memória

Publicidade

Quer Publicitar no nosso site? preencha o formulário.

Preencher

Inscreve-te na mailing list e recebe todas as novidades do Coffeepaste!

Ao subscreveres, passarás a receber os anúncios mais recentes, informações sobre novos conteúdos editoriais, as nossas iniciativas e outras informações por email. O teu endereço nunca será partilhado.

Apoios

01 República Portuguesa
02 Direção Geral das Artes
03 Lisboa

Copyright © 2022 CoffeePaste. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por

Estudo #1 e Gaveta - a fotografia e a memória
coffeepaste.com desenvolvido por Bondhabits. Agência de marketing digital e desenvolvimento de websites e desenvolvimento de apps mobile